quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

A carreira do Farmacêutico de Assuntos Regulatórios

Neste mês, que comemoramos o Dia Nacional do Farmacêutico (20 de janeiro), o ICTQ presenteia você com a indicação das dez carreiras mais promissoras para os profissionais graduados em Farmácia.

Acompanhe nesta e nas próximas publicações o perfil, a projeção e os retornos financeiros que cada carreira proporciona ao farmacêutico atuante no Brasil. Fique por dentro também de como se preparar para um futuro próspero e de sucesso profissional dentro da área que você escolher atuar. Conheça agora a carreira em Assuntos Regulatórios.
PERFIL
A carreira farmacêutica especializada em regulação sanitária de indústrias, distribuidoras e empresas do varejo farmacêutico é uma das mais valorizadas pelo mercado de trabalho.
Esta carreira possui maior projeção profissional no meio industrial e em órgãos reguladores, em que existe maior complexidade nas atividades realizadas pelo profissional, consequentemente as maiores remunerações estão em localidades que possuem polos industriais farmacêuticos, como São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul, Paraná, Brasília e Pernambuco.
Ser especialista em regulação sanitária exige do profissional aptidão para tarefas administrativas, conhecimentos aprofundados em legislação sanitária nacional e internacional e capacidade de negociação, liderança, comunicação e gestão. O inglês é indispensável e o espanhol pode ser um diferencial para grandes empresas farmacêuticas brasileiras, que detêm filiais na América Latina.
A competição profissional nesta carreira é acirrada, pois a atuação não é restrita ao farmacêutico por força de lei. Dessa forma, o profissional formado em Farmácia compete com praticamente todos os profissionais de saúde, advogados e até administradores de empresas.
O QUE FAZ
Na indústria de medicamentos e em consultorias especializadas:
- Acompanha os processos de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos;
- Analisa relatórios de qualificação e validação;
- Acompanha e avalia o mercado e os lançamentos de novos produtos dos concorrentes;
- Administra e executa o processo de registro de novos produtos farmacêuticos na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa);
- Acompanha diariamente as publicações da Anvisa no Diário Oficial da União (D.O.U.);
- Discute novas resoluções em Consultas Públicas na Anvisa;
- Acompanha e implementa novas resoluções e regras sanitárias;
- Recebe e acompanha auditoria sanitária;
- Administra o processo de revalidação do registro de produtos;
- Acompanha o sistema de atendimento ao cliente (SAC) e registros do setor de farmacovigilância;
- Orienta o departamento de marketing em publicidades e propagandas;
- Orienta o departamento jurídico em demandas de cunho sanitário;
- Verifica os registros e cadastros sanitários do estabelecimento.
Nos órgãos reguladores:
- Acompanha o cumprimento de normas e legislação por parte das empresas;
- Propõe e debate com o mercado o desenvolvimento de novas resoluções e regulamentações;
- Fiscaliza a qualidade e o seguimento de regras na produção de produtos farmacêuticos;
- Fiscaliza a comercialização de produtos farmacêuticos;
- Regulamenta o preço dos medicamentos;
- Regulamenta os tipos de medicamentos e suas formas de comercialização;
- Regulamenta o comércio farmacêutico e suas características de consumo.
Nas distribuidoras:
- Orienta e acompanha o departamento jurídico em demandas de cunho sanitário;
- Cuida dos registros e cadastros sanitários do estabelecimento;
- Orienta e fiscaliza condições de estoque e armazenamento de produtos;
- Acompanha e fiscaliza condições de transporte e distribuição de produtos farmacêuticos.
ONDE ATUA
- Indústrias farmacêuticas;
- Empresas de logística farmacêutica;
- Consultorias especializadas;
- Anvisa;
- Vigilância sanitária de estados e municípios (Visa).
FAIXA SALARIAL
De R$ 1.200,00 a R$ 30.000,00
COMO SE PREPARAR
O curso de graduação em Farmácia é o mais indicado para profissionais que desejam seguir carreira em Assuntos Regulatórios principalmente na indústria de medicamentos. É importante ressaltar que profissionais que desejam atuar em agências reguladoras, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é necessária a aprovação em concurso público específico. O curso de graduação em Direito também têm peso e relevância. Uma especialização em Vigilância Sanitária, ou mais especificamente em Assuntos Regulatórios, é obrigatória. Existe também a opção de especialização em Logística Farmacêutica para os profissionais que atuam especificamente em distribuidoras.
Para que o profissional se mantenha atualizado é imprescindível que ele acesse, com periodicidade, o conteúdo específico da área farmacêutica publicado no Diário Oficial da União e o site da Anvisa, para manter-se informado sobre novas legislações e consultas públicas vigentes.
O ICTQ - Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico tem em seu portal na internet um canal de notícias atualizado diariamente com as novidades demandadas pela Anvisa. Vale a pena acompanhá-lo O mesmo Instituto é pioneiro no Brasil com curso de especialização em Assuntos Regulatórios, além de ser o único que tem em seu quadro professores renomados, com exclusividade, como o ex-diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Raposo de Mello.
ATENÇÃO
Não deixe de acessar nosso portal nos próximos dias. Novas indicações de carreiras farmacêuticas serão publicadas em comemoração ao Dia Nacional do Farmacêutico (20 de janeiro).
Importante: em fevereiro de 2015, publicaremos uma radiografia completa sobre 40 carreiras farmacêuticas. Indicaremos ainda as carreiras mais procuradas e valorizadas no Brasil e também aquelas sem muita projeção de crescimento e sucesso no País. Este será o Guia de Carreiras ICTQ, que será lançado na íntegra no próximo mês. Conecte-se ao ICTQ e planeje bem o seu futuro e o seu sucesso!



Leia mais: ictq.com.br http://ictq.com.br/portal/colunas-materias/a-carreira-do-farmaceutico-de-assuntos-regulatorios#ixzz3OtZ6bgEk