sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Déficit do setor farmacêutico deverá atingir US$ 6 bilhões

Nota de C&T:
Sabemos que não é fácil um cidadão comum querer entender o que significa os dados abaixo, principalmente em um momento em que tudo é politizado, mas como pode uma grande nação se tornar forte sem produzir pelo menos o que consume? Uma das maiores economias do mundo consumidora de medicamentos como o Brasil se comportar como um nanico é uma vergonha para governos que nada fizeram e nem fazem para fortalecer a indústria nacional efetivamente. O que não falta são discursos que se perdem aos ventos... Acorda Gigante!

25/09/2014
Importações avançaram 8,5%, enquanto as vendas para o exterior cresceram 2%
O desempenho negativo da balança comercial de produtos farmacêuticos deverá superar a marca de US$ 6 bilhões (aproximadamente R$ 14 bilhões) neste ano. O deficit cresceu de forma progressiva na última década e praticamente dobrou em um intervalo de cinco anos, segundo estudo da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma).
Só em 2013, as importações da área avançaram 8,5%, enquanto as vendas para o exterior evoluíram apenas 2%. "O setor farmacêutico passa pela mesma situação enfrentada por outros segmentos no País, é uma questão estrutural da indústria", afirma o presidente-executivo da associação, Antonio Britto.
No caso das exportações de medicamentos mais baratos, como os genéricos, a indústria nacional não tem competitividade para disputar o mercado externo com países como Índia e China, de acordo com o executivo. Sobre os medicamentos para doenças mais complexas, ainda falta inovação, segundo Britto. "Como a gente não produz esses medicamentos, somos obrigados a importar."
O governo tem feito um esforço ao oferecer mercado por meio de compras públicas e, com isso, estimular que os produtos sejam fabricados no País, afirma o executivo. "Mas isso não resolve a questão central, que é a falta de inovação, de parcerias com as universidades", diz ele. "No Brasil, salvo algumas exceções, a universidade e o setor privado trabalham de costas um para o outro."

Fonte: Folha de S.Paulo / Foto: Shutterstock 

Última Fonte: http://guiadafarmacia.com.br/noticias/mercado/8616-deficit-do-setor-farmaceutico-devera-atingir-us-6-bilhoes